Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
danlevay24863

Como Aproveitar Melhor A Relação Com O Seu Orientador Na Pós-graduação


Quer Preparar-se E Está Sem Tempo?


A professora Sílvia Tatiana Maurer Lane tem uma trajetória de vida profissional, no campo da Psicologia Social, que faz dela uma das mais significativas influências no desenvolvimento de um novo projeto para a Psicologia: o projeto do compromisso social. Teu trabalho, a todo o momento aliado ao de outras pessoas, produziu novos caminhos para a Psicologia. Sua realização teórica permitiu a construção de algumas perspectivas no campo da Psicologia Social, sendo responsável pelo desenvolvimento da possibilidade sócio-histórica na Psicologia Social no Brasil. Suas idéias sobre a prática permitiram a construção da Psicologia Social Comunitária. Seu empenho pela América Latina montou intercâmbios e trocas, fortalecendo o diálogo no campo da Psicologia entre profissionais nesse continente.


Referência pra esse post: https://certificadocursosonline.com/courses/curso-de-digitacao-online-gratis/

Seus princípios permitiram apoio na construção de um novo projeto de Psicologia. Sílvia Lane foi guiada pelo início de que o entendimento produzido deveria a toda a hora ser vantajoso para a transformação da realidade na direção da construção de condições dignas de vida pra todos. A compreensão e a profissão deveriam estar a serviço da transformação e, com essas idéias, Sílvia Lane contribuiu para uma revolução na Psicologia. Primeiramente vamos retomar a história de Sílvia Lane e da Psicologia Social ressaltando a cooperação de Sílvia Lane a começar por teu trabalho na PUC-SP. Logo após vamos evidenciar o desenvolvimento da Psicologia Social Sócio-histórica no Brasil e a credibilidade e papel de Sílvia Lane nessa construção.


E no final das contas traremos a idéia de uma Psicologia atenta ao contexto social como sua ajuda a um novo projeto de Psicologia, como ciência e profissão. Em todos esses momentos enfatizaremos os aspectos que, a nosso enxergar, são fundamento da idéia de trato social da Psicologia. Sílvia Lane formou-se em 1956 em Filosofia na Escola de São Paulo (USP) e começou sua carreira profissional no Conselho Regional de Pesquisa Educacional, conectado ao Ministério da Educação, o qual tinha como meta reformular o ensino no Brasil.


Sílvia Lane manteve-se no Conselho até 1960. Em 1965, convidada pela Profa. http://www.gameinformer.com/search/searchresults.aspx?q=cursos , passou a ministrar aulas no curso de Psicologia da Escola de Filosofia, Ciências e Letras São Bento da Pontifícia Instituição Católica de São Paulo, onde também trabalhava Aniela Ginsberg. É por esse espaço da PUC-SP que Sílvia Lane criou toda sua carreira de professora de Psicologia Social.


Inicialmente, ligada ao Laboratório de Psicologia Experimental, começou a realizar suas pesquisas em Psicologia Social. para iniciantes na própria PUC-SP realizando pesquisa sobre o diferencial semântico de Charles Osgood com o título " Significado psicológico de palavras em diferentes grupos socio-culturais" . Joel Martins provocou Sílvia, vendo que ela trabalhara na busca com Osgood porém estava "namorand" Skinner. Verdadeiramente Sílvia confessa que, apesar de usar a escala de diferencial semântico, por considerá-la aparelho preciso, não aceitava a teoria de resíduo de Osgood.


  1. KERÉNYI, Karl. Os Deuses Gregos/Os Heróis Gregos, SP, Cultrix, 1994
  2. 9502 (São Francisco/São Geraldo),
  3. Faculdade de Coimbra
  4. Fotocopia autenticada do Histórico Escolar de Graduação
  5. quatro Legislação 4.Um Histórico
  6. vinte - Indício de manipulação pela imagem do "Jogo dos sete Erros"
  7. quatro Programas de Pós-Graduação 4.Um Stricto sensu

Sílvia nunca se declarou skinneriana, mas a materialidade daquela hipótese a atraía muito, e facilitou-lhe o conhecimento da Psicologia Social soviética. No desfecho dos anos 60 e começo dos anos 70, a PUC-SP e o Instituto de Psicologia, onde Sílvia Lane era professora, passaram por grandes modificações. Foram momentos sérias de mobilização universitária em prol da reforma e da inovação do ensino superior. Em 1971, foi criada a faculdade de Psicologia da PUC-SP, por intermédio da fusão da Faculdade São Bento e do Sedes Sapientiae. Ficou a primeira diretora do curso de Psicologia recém gerado. Tinha nas mãos o desafio de criar um novo curso de Psicologia e a Profa.


Sílvia Lane aceitou o estímulo. curso de digitação online https://certificadocursosonline.com/courses/curso-de-digitacao-online-gratis/ da PUC-SP tornar-se-iam fonte pros cursos no Brasil. A proposta era de chegar a uma revisão crítica dos conceitos. Sílvia Lane entendia que era preciso passar a idéia e o hábito de fazer da realidade um modelo dos conceitos teóricos. curso de digitação https://certificadocursosonline.com/courses/curso-de-digitacao-online-gratis/ realidade utensílio como padrão era quase uma obsessão pra Sílvia Lane, que considerava primordial tomá-la como referência pra geração da ciência.


A realidade deveria ser critério para observação da credibilidade e fidedignidade de fatos que as pesquisas produziam e não o oposto. Essa angústia traduziu-se em aparência metodológica, visto que o propósito era produzir discernimento que possibilitasse uma entendimento da realidade que implicasse, necessariamente, tua transformação. Sílvia Lane foi incansável pela criação teórica e de procura com esse norte: conhecimento científico como práxis, unidade entre saber e fazer.


Tags: cursos

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl